Hipnose na Campanha da Anistia Internacional - Rafael Baltresca

HipnoBlog

Hipnose na Campanha da Anistia Internacional

by ohipnologo

Imagine se você tivesse que enfrentar a agitação de um barco apertado em alto mar, ameaçado por bombas, passando por escombros onde há pessoas feridas e mortas… sofrer perseguições e tantas outras situações de terror enfrentadas por refugiados da Síria durante a interminável guerra civil.

Na Europa, o trabalho de sensibilização para aceitação dos refugiados ganhou uma visibilidade maior com a introdução de uma técnica inusitada e, como sempre, polêmica: a hipnose.

Sobre a Hipnose na Campanha…

A Campanha da Anistia Internacional, criada pela agência TBWA, contou com a participação de um hipnólogo para falar às pessoas sobre este assunto. A ideia era buscar justamente aquelas que não aceitam a entrada dos refugiados nos países europeus e fazê-las passar “virtualmente” pelas mesmas experiências que os refugiados passaram em suas vidas reais.

Veja, no vídeo abaixo, como a hipnose foi utilizada neste trabalho:

Aqui no Brasil a hipnose não precisa de muita coisa para se tornar polêmica, não é mesmo? Só que essa campanha forte também criou controvérsias na Holanda e na Bélgica, principalmente. O objetivo alegado pelos organizadores da campanha era criar empatia nas pessoas e alertar para o sofrimento e acolhimento dessas vidas, destes seres humanos.

Sempre há quem pense ser tudo uma encenação ou perigoso, traumático, pesado, enfim. Precisamos olhar para a hipnose como algo que está SIM ganhando novos espaços na sociedade e para muito além dos antigos palcos de shows.

Quanto mais a técnica circula por novos espaços, novas descobertas são feitas a seu respeito e mais podemos aplicá-la e estudá-la.

Sobre a questão da empatia…

Com relação à criação de empatia por meio da experiência pela qual os voluntários passaram… Será que a comoção despertada é de fato pela dor do outro ou não será por aquilo que eles mesmos vivenciaram? Felizes são aqueles que não precisam sentir na própria pele a dor do outro para mudar, abrir o coração e poder ajudar.

Se o momento histórico atual faz triunfar as questões do EGO e o que importa hoje é só o nosso próprio umbigo, que a hipnose possa então prestar esse serviço de conscientização e despertar nas pessoas a capacidade de se identificarem com o outro e com suas necessidades. 

Para conferir mais detalhes sobre a Campanha da Anistia Internacional, clique aqui.

Confira as minhas ideias motivacionais e outros insights clicando aqui.

Rafael Baltresca

Trabalha como palestrante desde 2001 e com hipnose desde 2007. É um apaixonado pela arte de hipnotizar e um dia ainda vai te fazer dormir...

Secured By miniOrange