Curiosidades sobre o comportamento humano - Rafael Baltresca

HipnoBlog

Curiosidades sobre o comportamento humano

by ohipnologo

Por que não conseguimos fazer cócegas em nós mesmos? Por que sentimos vontade de bocejar quando vemos alguém bocejando? Há tantos mistérios, curiosidades e coisas estranhas envolvendo o comportamento humano, não? 

Alguns fenômenos a ciência até já conseguiu explicar; outros, porém, permanecem como incógnitas para nós.

Veja estas curiosas explicações científicas para uma série de comportamentos (no mínimo) interessantes:

1) Ouvir música melhora o humor: de acordo com a Universidade de McGill,do Canadá, a música produz um aumento na produção das células de defesa, responsáveis pela nossa imunidade, combatendo agentes invasores e nocivos à saúde. Além disso, a música também reduz o nível de cortisol e aumenta o de ocitocina, reguladores do estresse e do prazer respectivamente.

2) Pessoas engraçadas podem sofrer de insegurança: sabe aquela pessoa super desinibida, que faz piadas com todo mundo e já chega nos lugares forçando a barra para ser engraçada? Isso, na verdade, pode ser uma defesa contra um sentimento de insegurança, um medo da rejeição ou necessidade de aprovação alheia. Segundo a Psicologia, muitas pessoas inclusive acreditam não serem interessantes fisicamente, ou inteligentes, e recorrem a estes comportamentos para ganharem a aceitação dos demais.

3) Mulheres falam mais do que os homens: disso nunca tivemos dúvidas, não é mesmo?rsrs O fato é que essa diferença foi comprovada cientificamente e, de acordo com pesquisas americanas, as mulheres utilizam por dia aproximadamente 3.000 palavras, enquanto os homens apenas metade disso!

4) Trabalho noturno pode levar ao divórcio: de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Dexeus, de Barcelona, pessoas que trabalham neste período (noturno) possuem o triplo de chances de se divorciarem se comparadas às que trabalham nos períodos da manhã ou tarde. Além disso, podem sofrer com problemas neuropsicológicos, cardiovasculares e digestivos 40% a mais do que os outros trabalhadores.

5) Por que não conseguimos fazer cócegas em nós mesmos: retomando o primeiro questionamento deste post, há uma explicação científica para este fato! O que a ciência nos diz sobre isso é que, como nosso cérebro atua de modo a preparar o nosso organismo sensorialmente para  as consequências de nossos movimentos, acaba antecipando que iremos sentir cócegas e bloqueia essa sensação imediatamente.

Sobre o contágio do bocejo… o mistério ainda permanece. Até o momento, nenhuma pesquisa foi conclusiva sobre as razões deste comportamento. Piaget realizou observações muito interessantes em sua época a respeito disso e concluiu que os bebês só são contagiados pelo bocejo alheio após os 2 anos de idade. Agora o motivo…

E você, qual comportamento do ser humano acha mais curioso? O que de estranho gostaria que a ciência explicasse?

 

 

 

Rafael Baltresca

Trabalha como palestrante desde 2001 e com hipnose desde 2007. É um apaixonado pela arte de hipnotizar e um dia ainda vai te fazer dormir...

Secured By miniOrange